domingo, 16 de julho de 2017

ADVERSARIO IDEAL

Ontem sofremos o sexto reves consecutivo. Diferente das vezes anteriores, nao merecemos perder. A equipe mostrou q tem condicoes de reagir.
Nao podemos deixar escapar a possibilidade voltar a vencer na proxima terca feira.
Nada melhor que enfrentar um America.
Lembro q em nossa primeira participacao em brasileiros, somente conseguimos a 1a. Vitoria na 10a. rodada, justamente contra nosso proximo rival.
Diante de 12 mil pagantes, o ponta Libanio marcou o gol da vitoria diante do America Mineiro. Noite de quarta feira, 11/10/72.
Inesquecivel a manchete do Diario de Natal, no dia seguinte : Mantida a Tradicao.
Encerro com o time q Celio de Souza mandou a campo : Tiao, Sabarah, Edson, Nilson Andrade e Rildo. Maranhao e Danilo Menezes. Libanio, Alberi, Petinha e Soares.
Mobilizemos toda frasqueira p reabilitacao na terca.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

DECEPCOES

Concluida a primeira das tres partes da serie B, Recordei a pessima campanha do ABC no Brasileirao de 1976.
Naquele ano tivemos um inicio de temporada sensacional.
Nos dois anos anteriores, viviamos ainda uma grande crise, suspenso do campeonato Brasileiro, a reducao de patrimonio com a triste perda da sede na Rua Potengi, nosso maior rival atingia um Bi campeonato e realizava grandes campanhas no Brasileiro.
Buscando recuperar a hegemonia estadual, O ABC trouxe de Sao Paulo, o experiente tecnico Joao Avelino e fez grandes contratacoes : O laterais Fidelis e Vuca, ambos com passagens na selecao. O vascaino na Copa do Mundo de 66. O ponte pretano na Olimpica, por onde tambem passou o jovem centroavante Ze Carlos, contratado ao Santa Cruz do Recife, q para diferenciar de outro Ze Carlos, meia trazido do Fortaleza, acrescentou o sobrenome Olimpico, enquanto o q veio do Pici adicionou Henrique. A zaga tinha o xerifao Pedro Padrera q trabalhara c Avelino em Brasilia, na epoca q o papagaio falador treinara o CEUB, e o classico quarto zagueiro corintiano Vagner.
Uma das ptincipais contratacoes foi o grandalhao (1,95 m) volante Drailton, idolo no futebol pernambucano (Sport e Nautico). Para comoletar a alegria da Frasqueira, o Mais querido depositou na FNF o valor para adquirir o jovem Reinaldo, revelacao do maior rival.
Ganhamos o titulo com sobras e entramos muito otimista no retorno ao Brasileirao.
Ficamos no Grupo F, encabecado pelo Flamengo de Zico.
A madrasta CBD, castigou o ABC com uma tabela perversa. Os tres primeiros jogos fora, e o classico local no primeiro jogo em Natal.
Estreamos na Ilha do Retiro diante do Sport Recife. Derrota de um a Zero, penalti duvidoso. O segundo jogo aconteceu no Maracana. Derrota 0 x 2 na primeira vez q o ABC atuou no maior do mundo.
Em doze partidas, vencemos apenas o ultimo jogo, e tivemos uma sequencia de tres derrotas na repescagem

domingo, 9 de julho de 2017

VOLTA AO ESTADIO DO CAFE

Na proxima terca, retorno a Londrina, apos quase 20 anos de um jogo decisivo realizado em 18.10.98, valendo vaga na 3a. Fase da serie B.
Ivan abriu o placar p o ABC. Os donos da casa empataram ainda no primeiro tempo, levando a decisao p os penaltis, onde fomos derrotados.
O ABC tinha uma grande equipe com o goleiro Silvio, Ayupe, Mario Cesar, o meia Geraldo e os talentosos potiguares Ivan, Henrique, Silvio Madona.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

MOMENTO CRUCIAL

Abrindo a 12a. Rodada, ABC reabilita o lanterna, q obteve sua primeira vitoria.
Chama atencao a queda rendimento equipe.
Nas quatro primeiras rodadas, obtivemos cinco pontos, ficando invicto nas tres primeiras. Da 5a. a oitava, melhoramos, conquistando sete pontos.
Da 9a. ate a 12a. rodada, nenhum ponto conquistado. Quatro derrotas, tres delas em casa. Nas ultimas tres rodadas
 Apenas um gol marcado. De penalti.
O q ocorreu ?
Geninho, o mais lucido treinador q jah passou no RN, foi extremamente feliz em sua avaliacao. Admite q varios atletas estao sentindo o peso da serie B, e q pode ter havido uma superedtimacao do elenco. Acrescento q a sequencia de jogos durissimos afetou o rendimento de varios bicampoes estaduais. A competicao local exige muito menos em todos os aspectos.
Estah clara a necssidade incorporar ao elenco atletas com as seguintes caracteristicas, por ordem  prioridade :
1. Atacante veloz q atue p flancos
2. Goleador
3. Meia ofensivo
4. Zagueiro canhoto
5. Goleiro.

Acabou a margem de erro. Acerta a direcao na primeira providencia adotada, fortalecendo o tecnico Geninho.
As vezes q fomos rebaixados, abusamos de trocar o treinador.
Eh hora de uniao, mudar o objetivo, para sair da zona de rebaixamento o mais rapido possivel. Precisamos consolidar o Mais querido na serie B. Com Geninho permanecendo no clube, em poucos anos chegaremos na serie A

domingo, 2 de julho de 2017

ABC x NAUTICO

Tradicional classico nordestino na proxima terça 04/07, 21:30 no Frasqueira
Conheço o Timbu jogando em Natal, ha quase cinquenta anos.
Em 1968, o alvirrubro da Av Rosa Silva, era simplesmente vice campeao brasileiro e Hexa pernambucano, titulo inedito ate hoje.
O forte time do Alecrim, entao campeao invicto no RN, nao tomou conhecimento e aplicou 2 x 0.
Ano seguinte o ABC voltou a perder o campeonato, desta vez de forma traumatica. Alem disso, nunca o ABC havia ficado tres anos sem titulo, provocando uma crise no Mais Querido.
Jose Prudencio, abnegado pelo futebol do ABC, recebeu a incumbencia de reformular a equipe.
Profundo conhecedor, foi aos Aflitos buscar talentos no principal clube da regiao, que atraia valores de todo Nordeste. Trouxe o zagueiro Edson e o meia Correa, ambos paraibanos.
O ABC fez um brilhante campeonato em 1970 e o artilheiro Petinha despertou o interesse do Nautico, que aconselhado pelo velho Pruda, levou de contrapeso, um tal de Marinho, lateral esquerdo que Prudencio trouxera do Riachuelo. Na transaçao, o ABC recebeu novos valores do time pernambucano. O centro avante Edvaldo e o ponta Soares.
Foto dos Bicampeoes 1971. O meia Nunes, tambem passou pelo Nautico.
ABC x Nautico, se enfrentaram no Brasileirao 72, numa 4a. Feira a noite, com vitoria dos Recifenses por 4 x 3 com grande atuacao do lateral Borges e varios frangos do nosso goleiro Tiao. Nao estive presente no referido jogo, posterior a memoravel vitoria de 2 x 0 sobre o Santa Cruz.
Vi, sim, em 1975, outra confronto com falhas gritantes de outro goleiro alvinegro. Norival, falhou em demasia e o timaço
 do timbu, marcou 5 x 2, com Danilo Menezes marcando um golaço de fora da area no goleiro Neneca. Partida valida pelo Pentagonal que marcou a inauguraçao das marquises do Castelao.
Ainda em 1975, dia 1o. de Maio, o maior publico presente no poema de concreto. Jogo de portoes abertos.
Em 1976, novo confronto no Brasileirao, nao pude assistir ao empate de 1 x 1, ja que coincidiu com jogo dos JERNs. Naquela tsrde estava com a camisa tres do infantil do Instituto Sagrada Familia no campo da UFRN.
Voltando ao ABC, ja contavamos com o excepcional goleiro Helio Show, contratado ainda em 1975 para solucionar o problema da camisa um, o q fez com brilhsntismo, ganhando dois campeonatos, em 1976 e 78, ano que voltamos a enfrentar o Timbu pelo Brasileirao.
ABC e Nautico, hoje vivem situaçoes distintas. O timbu esta em pessima fase, deixou de jogar em seu estadio e amarga a lanterna da serie B, sem nenhuma vitoria. Nao conquista o Pernambucano desde 2004. O ABC joga em estadio proprio, eh Bicampeao potiguar e vem ampliando seu patrimonio.
Como dizia o velho Prudencio, futebol eh cabeça fria. Portanto, tranquilidade, para iniciarmos uma reaçao na serie B, diante do Nautico.
Encerro, solicitando a todos, oraçoes pela recuperaçao de Piaba, zagueiro que marcou epoca, integrando o time do 1o. BI q assisti o ABC conquistar, com meus cinco anos.

Piaba, o terceiro em pe, da esq p a direita, ladeado pelo goleiro Erivan, ambos egrssessos do  Palmeirs das Rocas, que segue revelando talentos. O maior deles na atualidade, Tiquinho Soares, esteve em Natal em Junho e ontem embarcou para Portugal, onde amanha estarah se reapresentando ao FC do Porto.


sábado, 1 de julho de 2017

SINAL DE ALERTA

O ABC nao conseguiu o primeiro objetivo na serie B. Ao termino da 11a. Rodada, estamos na 18a. posicao, sequencia de tres derrotas, duas delas no Frasqueirao.
Historicamente, os clubes do Nordeste tem dificuldades em sair da zona de rebaixamento.
Urge vencermos o Nautico, terca as 21:30
para sair do Z4 e viajar confiante para os dois jogos subsequentes, ambos longe da Frasqueira.
ABC e Nautico, tem muita historia em comum.