sábado, 16 de setembro de 2017

CURUZU

ABC impedido chegar a elite em 1991
Jogo da volta nas 4as. de finais, cheio de irregularidades. Apos vencer em Natal (1x0), ateh uma derrota por um gol, a partir de 2 x 1, classificaria o Mais Querido, q naquela serie B, experimentou uma grande serie invicto.
A TV Universitaria transmitiu o jogo para o RN.
Nosso time, comandado pelo tecnico Givanildo Oliveira, era formado por jogadores da regiao.
Do futebol paraibano vieram o goleiro Pedrinho, os meio campistas Roberto Nascimento e Silvinho.
De Pernambuco, o goleiro Washington, o lateral Loti, volante Lourival.
Do Ferroviario do Ceara, o vigoroso zagueiro Arimateia q formava dupla c outro xerife, o baiano Toteh.
Os pratas da casa, Quinho na lateral esquerda, Odilon no meio campo e Zinho no ataque, completavam a forte onzena com o atacante Rildon, egresso do Clube do Remo.
No gol, tinhamos dois otimos goleiros.
Washington e Pedrinho, se revezavam.
O meio campo era o ponto alto,
Destaco que em 1991, aplicamos a maior goleada aplicada pelo ABC fora de casa.
6 x 1 em Terezina, diante do Auto Esporte, entao campeao Piauiense.



sexta-feira, 15 de setembro de 2017

ROMENIA 1 x 1 ABC

Foto do jogo 


Um dos resultados mais expressivos da historia do ABC, completa mais um ano hoje.
Em 15/09/73, durante a exucrsao a Europa, Jorge Demolidor marcou o gol do empate em Bucareste.
O Mais querido atuou com Veludo, Sabara, Edson, Telino e Anchieta. Maranhao e Danilo Menezes. Libanio, Alberi, Jorge Demolidor e Moraes.
A radio Cabugi, reproduziu o audio tape do jogo, dias depois, na voz de Celso Martinelli. Tinha doze anos e recordo que Natal parou para ouvir.
Cinco anos antes, em 1968 a selecao da Romenia veio a Natal e goleou o ABC por 4 x 1. Os Romenos particparam da Copa 1970. Na epoca, participavam apenas dezesseis selecoes. Realizaram jogo equilibrado com o Brasil, que viria a ser Tricampeao. A canarinho venceu por 3 x 2.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

ABC x SANTA CRUZ

Centenario classico nordestino, disputado desde 1916. Naquele ano ocorria o 1o. Jogo interestadual do futebol potiguar.
Em 1972, dois confrontos marcantes :
Tri campeao no recem inaugurado estadio Castelao, o ABC convidou o Tetra campeao pernambucano para o jogo das
faixas. Estava presente naquela noite em que o timaco do Santa massacrou o ABC por 5 x 1.
O reves acendeu o sinal de alerta para a diretoria alvinegra q reforcou a equipe para as disputas do Brasileirao.
No referido campeonato, um dos grandes jogos da historia do clube do povo.
Inesquecivel aquela tarde em 12/11/72.
Com gols de Sabara e Baltazar, vencemos por 2 x 0, para surpresa da imensa legiao de tricolores que lotaram o Castelao.
Incredulos na derrota do timaco de Givanildo, Ramon, Luciano, comandados pelo tecnico Evaristo de Macedo.
Ha uma enorme ligacao entre os clubes mais populares do RN e PE.
Varios atletas brilharam em ambos.
O maior jogador da historia do futebol potiguar, veio para o ABC em 1968.
O negao, Alberi, morador do bairro do Pina, surgiu no tricolor do Arruda.
Quase 20 anos depois uma grande revelacao do ABC, fez o caminho inverso.
O zageirao Luiz Oliveira, surgido no Palmeiras das Rocas, transferiu-se do ABC para o Arruda, obtendo o Bicamoeonato pernambucano em 1987

sábado, 2 de setembro de 2017

BOA ESCOLHA

Schulle chamou atencao pelo soeerguimento do Botafogo PB.
O Belo hj tem calendario em competicoes regionais e nacionais. Retomou a hegemonia da Paraiba, que esteve muito tempo com os clubes de Campina Grande

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Estreia Vitoriosa

Em um 29 de Agosto, como hj, ano 1973, o ABC joga na Europa pela 1a. Vez e obtem expressivo resultado, vencendo o principal clube da Turquia (1x0). Recentemente o Fenerbache foi treinado pelo brasileiro Zico.
Morais, ponta esquerda fez o gol da vitoria.
O goleiro Erivan e o maestro Danilo Menezes, chamado magico pela imprensa local.
O tecnico Danilo Alvim mandou a campo, Erivan, Sabarah, Edson, Telino e Walter Cardoso; Maranhao e Danilo Menezes; Libanio, Alberi, Jorge Demolidor e Morais (Soares).


domingo, 27 de agosto de 2017

Givanildo

No anos 1960, o Nautico montou a melhor equipe do futebol Nordestino.
Hexa campeao Pernambucano, encarou o Santos de Peleh na final da Taca Brasil.
O time formado em casa, ponteava o ataque das quatro letras : Nado, Bita, Nino e Lala. Nado chegou a selecao.
O Santa Cruz imitou o modelo e formou seu timaco para tomar a hegemonia em Pernambuco .
Nao bastasse, conseguiu ser Pentacampeao estadual e terceiro lugar do Brasil. O camisa nove, Ramon, liderou artilharia do Brasileirao e chegou a selecao brasileira.
Quem tambem vestiu a amarelinha foi o craque Givanildo, que iniciou a carreira na ponta esquerda, atingindo o apogeu como volante, na celebre meia cancha com Erb e Luciano.
Na selecao conquistou a Copa do Bicentenario dos EUA, em memoravel final contra a Italia. Giva, titular absoluto, foi vendido ao Corinthians onde obteve um vice brasileiro e um titulo Paulista, finalizando jejum de 22 anos.
Jogou tambem no Fluminense/RJ.
Iniciou carreira de treinador, onde obteve o recorde de acessos no Brasileirao e um rosario de titulos estaduais.
Foi o tecnico q mais aproximou o ABC da serie A, com uma longa invencibilidade, interrompida pelos equivocos do arbitro baiano Manuel Serapiao no fatidico jogo da Curuzu.
No atual momento do nosso Mais querido, com a dificilima missao de permanecer na serie B, ninguem mais qualificado que o cabeca de Navio.
As possibilidades sao minimas, mas eh certo que arrumarah a casa para iniciarmos muito forte, em 2018.


sábado, 19 de agosto de 2017

ABC, INTERNACIONAL


Registro do livro do zagueiro Telino. Da terra potiguar para as terras de Alem Mar.

No dia q recebemos o clube do povo do Rio Grande do Sul, campeao do Mundo, lembro q nesta segunda quinzena de Agosto, completam 44 anos do embarque do ABC p a Europa.

domingo, 13 de agosto de 2017

Serie C

Globo garantido. America, sonho dificil. ABC, 18 rodadas p fugir.
Quantos clubes do RN estarao na C em 18?
Segunda forca do estado, Aguia de Ceara Mirim voa alto e alcanca objetivo. Bonito trabalho de valorizacao prata da casa
Os alvirrubros tbem buscam vaga.
O Mais querido nao quer nem pensar.
Conta com dezoito rodadas para se manter na serie B.
A fragilidade setor defensivo assusta a frasqueira.
Aquele que era o ponto alto, enfraqueceu mt c a saida Oswaldo e ma fase de Fortunato.
Tbem estamos pecando nas finalizacoes.
A esperanca eh obter sucesso diante dos proximos adversarios. Ambos de camisa vermelha.

sábado, 5 de agosto de 2017

ABC x Ceara

Reedicao do Eclassico nordestino, 16:30 no Frasqueirao.
O primeiro confronto q presenciei, marcou na memoria, a presenca do atacante Zezinho, oriundo futebol carioca, estrela dos cearenses.
Procopio Neto, registra no livro esportes em Natal, um jogo de 1969, placar 1 x 1.
O Ceara foi o primeiro adversario do ABC em competicoes da CBD, ao se enfrentarem pela Taca Brasil de 1959.
A melhor recordacao q tenho eh da abertura do Brasileirao 77, quando vencemos por 1 x 0, gol de Maranhao Barbudo, iniciando uma das melhores campanhas do ABC. Egresso do Nautico, o tecnico Waldemar Carabina mandou a campo naquele domingo a tarde, 16/10, Helio Show, Orlando, Domicio, Claudio Oliveira e Vulca. Baltazar, Maranhao e Danilo Menrzes. Noe Silva, Zezinho e Noe Macunaima

domingo, 23 de julho de 2017

XAVANTE ESTREIA EM NATAL

Puxei na memoria os clubes gauchos que atuaram em nossa capital.
O Inter, Gremio, Juventude, Novo Hamburgo, Guarani de Venancio Aires

44 ANOS DO TETRA

Da esq p direita. Em pe: Erivan, Sabarah, Telino, Edson, Maranhao e Anchieta.
Agachados: Libanio, Alberi, Jorge Demolidor, Danilo Meneses e Morais.
O tecnico do timaco era Danilo Alvim, o principe da selecao brasileira na Copa 50



No mesmo dia q completamos a tragica inedita sequencia de oito derrotas, relembremos o glorioso 22/07/73.
Naquele ano, um dos mais exitosos da historia do ABC, vencemos os tres turnos do campeonato.
Completara 12 anos em 06/07, estava entre os 43.144 daquela tarde de domingo, na companhia de meu pai
Apos 0 x 0 no primeiro tempo, o Mais querido voltou avassalador na etapa final. Jorge Demolidor marcou dois gols em doze minutos. Os ponteiros Libanio e Morais, este o melhor em campo, ampliaram para 4 x 0. O Castelao em festa, nao deu nem bola para os dois gols sofridos nos minutos finais.
A comemoracao varou a noite na sede do Clube na Rua Potengi. La estivemos na companhia dos meus tios e primos, entre eles o saudoso Mardoqueu, pai do hoje renomado Prof Flavio Paiva, fisicultor do clube do povo


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Treinadores Paulitas

A contratacao de Marcio Fernandes trouxe a lembranca, tecnicos com passagem pelo ABC, oriundos do futebol bandeirante :

CLOVIS QUEIROZ, 1975.
Passagem meteorica e discreta. N emplacou como tecnico. Zagueiro, marcou epoca no Corinthians.

JOAO AVELINO, 1976
Campeao estadual, montou grande equipe.

WALDEMAR CARABINA
Veio p o brasileirao 1977, classificou o ABC p 2a. Fase. Campeao estadual 1978, lancando mts jovens.

SERVILIO DE JESUS
Inicio dos anos 1980. Trabalho discreto do ex centroavante do Palmeiras e selecao brasileira.

ESTEVAO SOARES
Anos 1990. Passagem rapida e discreta

GUTO FERREIRA
Poucos dias de trabalho




domingo, 16 de julho de 2017

ADVERSARIO IDEAL

Ontem sofremos o sexto reves consecutivo. Diferente das vezes anteriores, nao merecemos perder. A equipe mostrou q tem condicoes de reagir.
Nao podemos deixar escapar a possibilidade voltar a vencer na proxima terca feira.
Nada melhor que enfrentar um America.
Lembro q em nossa primeira participacao em brasileiros, somente conseguimos a 1a. Vitoria na 10a. rodada, justamente contra nosso proximo rival.
Diante de 12 mil pagantes, o ponta Libanio marcou o gol da vitoria diante do America Mineiro. Noite de quarta feira, 11/10/72.
Inesquecivel a manchete do Diario de Natal, no dia seguinte : Mantida a Tradicao.
Encerro com o time q Celio de Souza mandou a campo : Tiao, Sabarah, Edson, Nilson Andrade e Rildo. Maranhao e Danilo Menezes. Libanio, Alberi, Petinha e Soares.
Mobilizemos toda frasqueira p reabilitacao na terca.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

DECEPCOES

Concluida a primeira das tres partes da serie B, Recordei a pessima campanha do ABC no Brasileirao de 1976.
Naquele ano tivemos um inicio de temporada sensacional.
Nos dois anos anteriores, viviamos ainda uma grande crise, suspenso do campeonato Brasileiro, a reducao de patrimonio com a triste perda da sede na Rua Potengi, nosso maior rival atingia um Bi campeonato e realizava grandes campanhas no Brasileiro.
Buscando recuperar a hegemonia estadual, O ABC trouxe de Sao Paulo, o experiente tecnico Joao Avelino e fez grandes contratacoes : O laterais Fidelis e Vuca, ambos com passagens na selecao. O vascaino na Copa do Mundo de 66. O ponte pretano na Olimpica, por onde tambem passou o jovem centroavante Ze Carlos, contratado ao Santa Cruz do Recife, q para diferenciar de outro Ze Carlos, meia trazido do Fortaleza, acrescentou o sobrenome Olimpico, enquanto o q veio do Pici adicionou Henrique. A zaga tinha o xerifao Pedro Padrera q trabalhara c Avelino em Brasilia, na epoca q o papagaio falador treinara o CEUB, e o classico quarto zagueiro corintiano Vagner.
Uma das ptincipais contratacoes foi o grandalhao (1,95 m) volante Drailton, idolo no futebol pernambucano (Sport e Nautico). Para comoletar a alegria da Frasqueira, o Mais querido depositou na FNF o valor para adquirir o jovem Reinaldo, revelacao do maior rival.
Ganhamos o titulo com sobras e entramos muito otimista no retorno ao Brasileirao.
Ficamos no Grupo F, encabecado pelo Flamengo de Zico.
A madrasta CBD, castigou o ABC com uma tabela perversa. Os tres primeiros jogos fora, e o classico local no primeiro jogo em Natal.
Estreamos na Ilha do Retiro diante do Sport Recife. Derrota de um a Zero, penalti duvidoso. O segundo jogo aconteceu no Maracana. Derrota 0 x 2 na primeira vez q o ABC atuou no maior do mundo.
Em doze partidas, vencemos apenas o ultimo jogo, e tivemos uma sequencia de tres derrotas na repescagem

domingo, 9 de julho de 2017

VOLTA AO ESTADIO DO CAFE

Na proxima terca, retorno a Londrina, apos quase 20 anos de um jogo decisivo realizado em 18.10.98, valendo vaga na 3a. Fase da serie B.
Ivan abriu o placar p o ABC. Os donos da casa empataram ainda no primeiro tempo, levando a decisao p os penaltis, onde fomos derrotados.
O ABC tinha uma grande equipe com o goleiro Silvio, Ayupe, Mario Cesar, o meia Geraldo e os talentosos potiguares Ivan, Henrique, Silvio Madona.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

MOMENTO CRUCIAL

Abrindo a 12a. Rodada, ABC reabilita o lanterna, q obteve sua primeira vitoria.
Chama atencao a queda rendimento equipe.
Nas quatro primeiras rodadas, obtivemos cinco pontos, ficando invicto nas tres primeiras. Da 5a. a oitava, melhoramos, conquistando sete pontos.
Da 9a. ate a 12a. rodada, nenhum ponto conquistado. Quatro derrotas, tres delas em casa. Nas ultimas tres rodadas
 Apenas um gol marcado. De penalti.
O q ocorreu ?
Geninho, o mais lucido treinador q jah passou no RN, foi extremamente feliz em sua avaliacao. Admite q varios atletas estao sentindo o peso da serie B, e q pode ter havido uma superedtimacao do elenco. Acrescento q a sequencia de jogos durissimos afetou o rendimento de varios bicampoes estaduais. A competicao local exige muito menos em todos os aspectos.
Estah clara a necssidade incorporar ao elenco atletas com as seguintes caracteristicas, por ordem  prioridade :
1. Atacante veloz q atue p flancos
2. Goleador
3. Meia ofensivo
4. Zagueiro canhoto
5. Goleiro.

Acabou a margem de erro. Acerta a direcao na primeira providencia adotada, fortalecendo o tecnico Geninho.
As vezes q fomos rebaixados, abusamos de trocar o treinador.
Eh hora de uniao, mudar o objetivo, para sair da zona de rebaixamento o mais rapido possivel. Precisamos consolidar o Mais querido na serie B. Com Geninho permanecendo no clube, em poucos anos chegaremos na serie A

domingo, 2 de julho de 2017

ABC x NAUTICO

Tradicional classico nordestino na proxima terça 04/07, 21:30 no Frasqueira
Conheço o Timbu jogando em Natal, ha quase cinquenta anos.
Em 1968, o alvirrubro da Av Rosa Silva, era simplesmente vice campeao brasileiro e Hexa pernambucano, titulo inedito ate hoje.
O forte time do Alecrim, entao campeao invicto no RN, nao tomou conhecimento e aplicou 2 x 0.
Ano seguinte o ABC voltou a perder o campeonato, desta vez de forma traumatica. Alem disso, nunca o ABC havia ficado tres anos sem titulo, provocando uma crise no Mais Querido.
Jose Prudencio, abnegado pelo futebol do ABC, recebeu a incumbencia de reformular a equipe.
Profundo conhecedor, foi aos Aflitos buscar talentos no principal clube da regiao, que atraia valores de todo Nordeste. Trouxe o zagueiro Edson e o meia Correa, ambos paraibanos.
O ABC fez um brilhante campeonato em 1970 e o artilheiro Petinha despertou o interesse do Nautico, que aconselhado pelo velho Pruda, levou de contrapeso, um tal de Marinho, lateral esquerdo que Prudencio trouxera do Riachuelo. Na transaçao, o ABC recebeu novos valores do time pernambucano. O centro avante Edvaldo e o ponta Soares.
Foto dos Bicampeoes 1971. O meia Nunes, tambem passou pelo Nautico.
ABC x Nautico, se enfrentaram no Brasileirao 72, numa 4a. Feira a noite, com vitoria dos Recifenses por 4 x 3 com grande atuacao do lateral Borges e varios frangos do nosso goleiro Tiao. Nao estive presente no referido jogo, posterior a memoravel vitoria de 2 x 0 sobre o Santa Cruz.
Vi, sim, em 1975, outra confronto com falhas gritantes de outro goleiro alvinegro. Norival, falhou em demasia e o timaço
 do timbu, marcou 5 x 2, com Danilo Menezes marcando um golaço de fora da area no goleiro Neneca. Partida valida pelo Pentagonal que marcou a inauguraçao das marquises do Castelao.
Ainda em 1975, dia 1o. de Maio, o maior publico presente no poema de concreto. Jogo de portoes abertos.
Em 1976, novo confronto no Brasileirao, nao pude assistir ao empate de 1 x 1, ja que coincidiu com jogo dos JERNs. Naquela tsrde estava com a camisa tres do infantil do Instituto Sagrada Familia no campo da UFRN.
Voltando ao ABC, ja contavamos com o excepcional goleiro Helio Show, contratado ainda em 1975 para solucionar o problema da camisa um, o q fez com brilhsntismo, ganhando dois campeonatos, em 1976 e 78, ano que voltamos a enfrentar o Timbu pelo Brasileirao.
ABC e Nautico, hoje vivem situaçoes distintas. O timbu esta em pessima fase, deixou de jogar em seu estadio e amarga a lanterna da serie B, sem nenhuma vitoria. Nao conquista o Pernambucano desde 2004. O ABC joga em estadio proprio, eh Bicampeao potiguar e vem ampliando seu patrimonio.
Como dizia o velho Prudencio, futebol eh cabeça fria. Portanto, tranquilidade, para iniciarmos uma reaçao na serie B, diante do Nautico.
Encerro, solicitando a todos, oraçoes pela recuperaçao de Piaba, zagueiro que marcou epoca, integrando o time do 1o. BI q assisti o ABC conquistar, com meus cinco anos.

Piaba, o terceiro em pe, da esq p a direita, ladeado pelo goleiro Erivan, ambos egrssessos do  Palmeirs das Rocas, que segue revelando talentos. O maior deles na atualidade, Tiquinho Soares, esteve em Natal em Junho e ontem embarcou para Portugal, onde amanha estarah se reapresentando ao FC do Porto.


sábado, 1 de julho de 2017

SINAL DE ALERTA

O ABC nao conseguiu o primeiro objetivo na serie B. Ao termino da 11a. Rodada, estamos na 18a. posicao, sequencia de tres derrotas, duas delas no Frasqueirao.
Historicamente, os clubes do Nordeste tem dificuldades em sair da zona de rebaixamento.
Urge vencermos o Nautico, terca as 21:30
para sair do Z4 e viajar confiante para os dois jogos subsequentes, ambos longe da Frasqueira.
ABC e Nautico, tem muita historia em comum.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

PARABENS ABC

102 anos de glorias. Nascido no bairro da Ribeira, homenageneando tratado entre Argentina, Brasil e Chile.
Entre 1932 a 1941, conquistou o Decacampeonato. Em 1950, campeao do ano Santo. Construiu o estadio Mario Lamas Farache e a portentosa sede da Rua Potengi. Campeao em todas as categorias em 1954 (Infantil, Juvenil, Aspirante, profissionais) inseriu quatro estrelas no distintivo. Pentacamoeao de 1958 a 1962, enfrentou a selecao da Romenia em 1968. Tetra campeao 1970 a 1973, realizou amistoso em 1971 diante do Alianza de Lima, base da selecao peruana da copa de 1970. Pioneiro, participou do Brasileirao em 72/76/78/84. Recordista de permanencia no exterior, excursionou a Europa, Africa e Asia por mais de cem dias em 1973, enfrentando selecoes de diversos paises. Retorno triunfal a Natal, na maior concentracao popular ja vista na cidade e um 2 x 2 historico com a selecao da entao Uniao Sovietica. Marcou mais de cem gols ao conquistar o campeonato em 1983. Obteve um novo tri de 1993 a 1995, outro tetra de 1997 a 2000. Derrotou o Flumine
nse no Maracana em 1998. Primeiro clube do RN a disputar a Taca Sao Paulo em 1999. Inaugurou o estadio Frasqueirao em 2005, conquistou um titulo Brasileiro em 2010.
Inumeros craques atuaram pelo Mais Querido. Entre eles, o Decacampeao Albano, morador do bairro das Rocas especialista em gols olimpicos. Alberi, o bola de prata e maior craque do futebol potiguar. O ponta esquerda Burunga, o prinfipe Cadinha, o maestro Danilo Menezes, Dequinha, o copa Norte que chegou a selecao brasileira. O capitao Edson, o baixinho goleiro Erivan, o meia Geraldo, o goleirao Helio Show, o estilista Ivan Matos, o atacante Ivan, o terrivel. craque Jorginho, Marinho Chagas o melhor lateral do mundo. O mossoroense Nonato, tambem selecao brasileira. O artilheiro Petinha, cabeceador implacavel. Robgol, Sergio Alves, carrasco do nosso maior rival, Wallysson, unico atleta a marcar quatro gols em final de campeonato potiguar

sábado, 24 de junho de 2017

CEU E INFERNO

Sexta 16, comemoravamos importante vitoria sobre o Goias em pleno Serra Dourada. Hoje lamentamos duas derrotas na semana.
Equilibrio eh a caracteristica da serie B.
Nosso time pode vencer qualquer adversario e tambem ser derrotado por todos eles.
Vivemos nosso pior momento na competicao. Mesmo assim, confio que alcancaremos o primeiro objetivo : Nao frequentar o Z4 nas treze primeiras rodadas.
Estejamos conscientes que nossos setores mais fortes, tiveram baixas consideraveis, notadamente o desfalque do zagueiro Cleyton, o estranho comportamento do goleiro Edson e a queda de rendimento de varios titulares.
Maratona desgastante.
Agora teremos uma semana para o dificilimo duelo de campeoes brasileiros contra o Guarani, no primeiro dia do segundo semestre, sabado proximo. Frasqueirao deve receber bom publico.
Coloquemos as barbas de molho na durissima competicao. Nao ha perfeicao nas vitorias, nem tudo errado nas derrotas.
O equilibrio do experiente e vencedor Geninho, a competencia da diretoria, a forca da frasqueira, o entrosamento e a qualidade do time, conduzirao o ABC para alcancar o objetivo seguinte de permanecer entre os dez primeiros durante a decima quarta e vigesima sexta rodada, para arriscarmos o sprint nas doze ultimas rodadas.
Para tanto, precisamos de uma grande contratacao: Salario em dia.



domingo, 18 de junho de 2017

Alo Frasqueira

Quero ouvir a tua voz. Os frasqueirinos que assistiam os jogos do JL em cima do morro de Mae Luiza, tambem os que ficavam nas mangueiras que ladeavam o estadinho do Tirol, aqueles que ficavam na Frasqueirinha, os que vinham a pe das Rocas, Ribeira e Stos. Reis, os que vinham do gancho de Igapo. Precisamos de todo mundo de todas as regioes da cidade. Vivemos a melhor fase da nossa historia centenaria. Alem da tradicional hegemonia estadual, boa campanha no Brasileirao, temos um time forte, conjunto afinado, bons atleta e o melhor e mais qualificado tecnico da nossa historia. Importantissimo ressaltar o nosso estadio proprio e uma diretoria de grande credibilidade. Portanto, todos ao Frasqueirao, independente das dificuldades de transporte e preco de ingressos. Jogo na TV, nao se compara com o clima do Estadio. Espero toda Frasqueira para os dificilimos jogos da serie B. O Mais querido conta e merece seu apoio.

sábado, 17 de junho de 2017

VIRADA HISTORICA

Virada histórica. Busquei na memória o último triunfo fora de casa, após sofrer o primeiro gol em jogo de serie B. N recordei. Hj Gege e Mancha fizeram suas melhores apresentações no ABC. Dalberto "peito de aço" se aproxima dos principais artilheiros, em poucos jogos como titular. Diretoria eh do ramo, Geninho genial. Vamos brigar na parte de cima. Nosso time eh bom. Tropecos virão, inclusive em casa. Série B, pedreira. Jgs sendo decididos em detalhes.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Vitoria maiuscula

Derrotamos o lider q n sofrera gol. A boa atuacao de zotti, a seguranca de Felipe, mostra q temos elenco. Dalberto ,  eh uma realidade. O Frasqueirao encolheu ?


domingo, 4 de junho de 2017

CASTELAO, 45 ANOS

Em um Domingo, 04/06/72, Natal em festa pela inauguraçao do estadio que Joao Saldanha batizou de Poema de Concreto.
Estive presente, tinha dez anos. Lembro das caravanas  dos bairros e diversas cidades.
Casa cheia para rodada dupla ABC x America, Vasco x Seleçao Olimpica.
William, volante do Mais querido marcou o unico gol naquela tarde/noite.

A geral, era um setor com preços baixissimos e sempre lotava. Recordo o grande numeros de bicicletas, meio de transporte do FRASQUEIRINO tipo imortalizado em programa de radio, lider de audiencia.

Uma das inumeras alegrias da Frasqueira foi uma vitoria memoravel sobre o Paysandu, em 1991. O placar de 1x0 sobre nosso adversario na terça, deixou o ABC a um empate do retorno a serie A. Q nao se concretizou devido uma arbitragem tendenciosa no jogo da volta.

Voltando ao Frasqueirino, estah ausente do Frasqueirao. Defendo q seja criado um lote de ingressos populares para um local especifico para o povao. Nos moldes da frasqueirinha do JL e Geral do Castelao.

Encerro, registrando q o atacante Tiquinho Soares, revelado em Natal e ora brilhando no Porto de Portugal, visita nossa terra durante a semana

terça-feira, 30 de maio de 2017

ARRuDAO

Proximo jogo, no maior estadio nordestino. A ligacao com o Santa, vem de muito tempo. Foi nosso adversario no primeiro confronto interestadual em 1916.
Busquei na memoria, atletas que brilharam no dois clubes. Eis a lista :

Luiz Neto. Goleiro que atuou com brilho no inicio dos anos 1980.

Loti. Lateral direito. Jogou na selecao olimpica. Campeao em 1990.

Luis Oliveira. Zagueirao revelado no Palmeiras das Rocas. Campeao pernambucano. Jogou ateh na Europa

Quinho. Lateral esquerdo de S. J. Mipibu.

Mazo. Volante q veio nos anos 1990.

Jadir. Meia. Passagem discreta

ALBERI. O melhor do futebol do RN em todos os tempos. Chegou em 1968.

Leto. Ponta direita. Chegou a jogar no Corinthians.

Neinha, Dadinho, atacantes com rapida passagem no ABC



quarta-feira, 24 de maio de 2017

Torneio do POVO

Nos anos 1970, havia uma competicao entre os clubes de maior torcida dos principais estados. Entre os participantes, estava o Internacional , clube enfrentado com galhardia pelo ABC no ultimo sabado em pleno Beira Rio.
Retornando ao Frasqueirao, o Mais querido recebe a equipe de maior torcida em Goias. Na sequencia, teremos pela frente uma serie de clubes do povao. O Santa Cruz no mundao do Arruda, O papao da Curuzu e o Figueirense, os dois ultimos em nossa casa.
A frasqueira precisa se fazer presente. Superar os obstaculos no acesso ao estadio e comodismo da TV. Torcedor verdadeiro comparece aos estadios.
Uma das atracoes do jogo diante do Vila Nova, serah o retorno de Wallysson ao frasqueirao, agora vestindo uniforme Vermelho, mesma cor da equipe onde despontou em 2004 aos dezesseis anos, quando cinsegui que viesse para o ABC. Chamou atencao atuando nos profissionais do Potiguar de Parnamirim.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

PRIMEIRA VEZ NO BEIRA RIO

Na segunda rodada, o mais querido atua no estadio inaugurado em 1969. Lembro um grande resultado obtido na capital gaucha em 1999. 3 x 3 diante do Gremio. Robgol marcou tres vezes, jogo de Copa do Brasil. Voltando aos confronto diante do colorado, enfrentamos unica vez. Um gol duvidoso surgido em cobranca de falta efetuado pelo ponta Waldomiro na trave do placar. Estava no castelao naquele domingo a tarde, o placar de 1 x 2 foi injusto. O Inter era tetracampeao Gaucho. O ABC tri potiguar. O citado camisa 7 colorado jogou pela selecao brasileira na copa da Alemanha.

sábado, 6 de maio de 2017

O BI de 1998

Em 1998 , nosso maior rival vivia grande fase. Conquistara um titulo regional e disputava a serie A do Brasileiro. Mesmo assim, o ABC manteve a hegemonia estadual. Uma campanha irrepreensivel de uma equipe muito forte e bem montada, alicercada pela espinha dorsal montada pelo excelente camisa um Jorge Pinheiro, o zagueirao Romildo, o eficiente volante Januario e o craque Sergi Alves. Surgiram tambem frutos do bom trabalho na base com os pratas da casa Ivan, Marcelinho e Marciano. Tecy, tambem nascido no RN teve grande destaque. Surgiu em clubes menores e foi contratado pelo Mais querido. O tecnico da equipe, Artur Neto.

sábado, 29 de abril de 2017

O BI de 94

A decada de 1990 foi uma das mais gloriosas do ABC. Tivemos dois Bicampeonatos. O primeiro deles em 1994 sob a batuta do maestro Danilo Menezes e o presidente Leonardo Arruda. O time campeao contava com boas pratas da casa e jogadores da regiao. Na vitoria de 3 x 1 sobre o nosso rival, presenciada por mais de dez mil pagantes, formamos com Capelane, Marinaldo, Edmar, Romildo e Emerson; Zelito, Quirino, Odilon e Barata; Oliveira e Renilson. O baixinho Odilon foi o melhor jogador do campeonato. Romildo, Zelito, Barata tbem se destacaram. Renilson, o artilheiro.

sábado, 22 de abril de 2017

O BI de 84

Nos anos 1980, os estaduais eram disputados no segundo semestre. O primeiro era destinado ao Brasileirao. Campeao em 83, com o timaco dos cem gols, o ABC fez boa campanha na taca de ouro em 84. Ao fim da competicao, os artilheiros Marinho apolonio e Silva deixaram o clube em virtude propostas de grandes clubes. O ABC revelou varios atletas da base naquele ano alem de trazer os melhores atletas do rival q estava mergulhado em uma crise. Lucio Sabia, Sergio Poty, Wassil, permameceram na equipe. Os garotos Quinho e Tiao, subiram. Arie e Joel Celestino conquistaram espaco. O jogo final foi contra o Baraunas. Jogo dificil. O ABC jogava pelo empate, mas perdia o jogo ate o finalzinho do segundo tempo. Estava no frasqueirao ao lado do meu pai, quando Joel Celestino desferiu um petardo em cobranca de falta, empatando o jogo. A frasqueira foi ao delirio e o Prof Ferdinando Teixeira iniciava sua serie de conquistas.

sábado, 15 de abril de 2017

O BI de 1971

A primeira vez q vi o ABC fazer o bis, tinha dez anos. Com a saída do técnico Caiçara o ABC buscou o paraibano Manoel Veiga. Do vizinho estado veio tbem o lateral direito Preta. No Alecrim Prudencio foi buscar o Anchieta, lateral esquerdo q substituiu Marinho Chagas, negociado de contrapeso na transação q o Náutico veio buscar Petinha. A parceria com o Timbu iniciada no ano anterior, trouxe mais dois valores jovens q fizeram sucesso por aqui. O ponta Soares e o camisa nove Edvaldo, que seria o artilheiro do certame. Para completar o elenco, o velho Pruda foi buscar no Ferroviario o meia Gonzaga q brilhara no tricolor, q fez bela campanha em 70. Do Alecrim veio tambem o ponta esquerda Josenildo, um croulinho arisco. O ABC fez uma grande campanha. Lembro de uma histórica goleada no Atletico de Joao Machado. Onze a zero se nao estou enganado. Alberi foi o craque do certame e esbanjou categoria no estadinho do Tirol





domingo, 2 de abril de 2017

EMBALANDO

Focado na busca do Bi , O ABC emplaca seqüência de vitórias. A mais recente ocorreu diante do Globo no Barretao , com uma boa presença da frasqueira. Jogo em Ceará Mirim é  uma festa , sempre com bandinha de música.  O jogo foi muito difícil e o adversário deve ser nosso principal oponente em 2017. O meia Bismarck foi o melhor em campo , com passes rápidos e precisos. Pode ser um bom reforço para a série B. Tem vínculo com o Globo. Outro destaque do estadual é  Léo Bahia, artilheiro da competição pelo Alecrim. Ainda não vi jogar, mas todas as referências são elogiosas. Geninho deve estar observando tudo, tenham certeza. Hoje a tarde todos os caminhos levam ao frasqueirao. ABC x ASSU, 17 hs.

sábado, 25 de março de 2017

EXPRESSINHO

Ao ver o bom desempenho do time B, que derrotou o CSA, veio a lembrança do time montado no segundo semestre de 1973, para amenizar a saudade da frasqueira  do timaço que estava na Europa. Jogava geralmente nos sábados, visto que nosso rival segurava no Brasileiro aos domingos. Torcedores revoltados com a puniçaodo ABC, fizeram circular adesivos nos veículos com a frase NAO VOU AO CASTELAO NO NACIONAL. As partidas do expressando passaram a rivalizar com o públicos dos jogos do nosso rival. Vários atletas daquela equipe foram aproveitados no time principal. Penso que poderíamos pensar em algo do tipo durante a série B. Quando o ABC jogasse fora, o expressinho entraria em campo aos domingos. Teríamos um elenco sempre em atividade.Ares, Jardel, Marques, Dalberto, são promessas que podem ajudar, além de outros da base. Reduziria o custo com contratações, que devem ser diferenciadas e pontuais.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Clássico REI

Recordando jogos inesquecíveis. Inicio com o primeiro jogo da melhor de três decisiva de 1969. Um show de Alberi. ABC três a zero. Prossigo com a inauguração do Castelao. ABC 1 x 0. Gol do motorizado William.O tetra de 73, com o ABC vencendo os três turnos, destacando a virada na final do segundo turno, com gol de Maranhão nos minutos finais. Um dos maiores públicos da história do futebol potiguar. Castelao lotado também na final do primeiro turno 1976, ABC 3 x 0. Show de Reinaldo e Drailton. 1983, golaço de Silva na decisão. 1 x 1. Jogávamos pelo empate. 1990. Petardo de Wamberto e recuperação da hegemonia. Anos 90, golaços dos Sergios China e principalmente Alves. Dois tricampeonato. 2007, 5 x 2 com Wallisson, único nordestino artilheiro da libertadores e jogador a fazer quatro gols em final de campeonato potiguar.

sábado, 11 de março de 2017

Vitórias Memoraveis

O sábado eh de virar a chave para a Copa do Nordeste. Jogo decisivo em Itabaiana. Geninho acerta em poupar jogadores. Chamo atenção para o volante Arez, que finalmente atuará em sua posição. Tem talento. O goleiro Beliato, conhece o
futebol sergipano e será o camisa 1. Jogamos nossa última
cartada no Nodestao.

ABC x São Paulo

A partir de amanhã,  atenções voltadas para Copa do Brasil.
Relembro vitórias memoráveis para embalar a frasqueira
Duas delas ocorridas em Novembro de 1972.
Diante 28000 pagantes vencemos o Botafogo de Jairzinho, furacão da copa em 70, onde marcou em todas as partidas. Faria gol também no jogo em tela. Marinho Chagas, que seria o melhor do mundo em 74, também estava em campo. Com um show do negão AAlberi, ABC 2 x 1. Gol dele e outro de Baltazar. Os cariocas chegariam a decidir aquele Bradileirao e dias antes haviam aplicado 6 x 0 no Flamengo.
A outra Vitória foi o 2 x 0 no esquadrão do Santa Cruz do Recife. Alberi e Sabará marcaram. Havia muitos triciclos entre os 18000 pagantes. Vieram certos de aplicar uma goleada. Meses antes o Santa entregara as faixas de tricampeão do ABC e enviaram 5 x 1.
Finalizo, lembrando o 4 x 1 no Palmeiras de Felipão e o 3 x 2 no Cruzeiro em 2014.
Portanto vamos acreditar em vencer o time de Lucas Prato. O Botafogo de 72, também tinha um argentino no ataque. Fischer.

TIQUINHO

Quebrou recorde de 1946. Atingiu nove gols em seis jogos, contabilizando os dois de ontem. Sensação na Europa com a camisa do Porto de Portugal, o artilheiro revelado no Palmeiras das Rocas






sábado, 4 de março de 2017

DECISÃO

ABC faz o segundo jogo diante da equipe com a segunda melhor campanha. O Globo é um adversário perigoso e foi melhor no primeiro jogo da final. A equipe de Ceará Mirim é  o que de melhor aconteceu no futebol do RN nos últimos anos. Possuidor de grande estrutura, estádio próprio, montou uma boa equipe, a custo baixo. Predominam valores locais e vários deles merecem ser observados. Os meias Bismarck e Tiago Lima, o atacante Romarinho jogatina qualquer time da série B.
O ABC terá a vantagem do empate e acredito na força da tradição e da churrasqueira para levar a boa equipe de Geninho a mais uma conquista.

TIQUINHO

Sensação do campeonato português,  artilheiro volta a campo hoje. O Porto recebe o Nacional as 15 hs de Brasília. TV transmite.

MORUMBI

Na próxima quarta feira o ABC jogará pela primeira vez no maior estádio particular do Brasil.
O São Paulo, entre os gigantes
paulistas, é o que menos enfrentou o ABC. Lembro único confronto pelo Brasileirão 72. Vitória tricolor por 3 x 0 no Castelao. A equipe comandada piOneiro Rocha e o Cruzeiro foram as únicas que derrotaram o ABC com diferença de três gols naquele campeonato. Muitos acreditavam que o ABC sofreria goleadas.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

ABC Liderou o Turno

Invicto, o mais querido dominou a 1a. Fase. Estranhamente, o regulamento do estadual exige uma extra c o segundo lugar.
O destaque da semana em nosso futebol foi o gol de placa marcado por Scarpa no Barretao. Voltando de Ceara Mirim, lembrei do gol de Placa de Samuel, também marcado em jogo noturno. O ano foi 1975 e o adversário o Alecrim, que tinha o baixinho Erivan em sua meta, ele q marcou época no ABC. Samuel, meia habilidoso q o mais querido trouxe do Ceará, chutou a gol logo após a divisória do meio campo, no gol da BR.
O triunfo de ontem diante do Alecrim marcou várias estreias. Atletas contratados e valores da base. Seis egressos formação estiveram no ABC ontem.
No Alecrim, o Prata da casa treinador Edson vem recuperando o time.
Edson Alves foi o técnico q lançou Tiquinho Soares em 2008, quando dirigia o Palmeiras das Rocas,  vice estadual sub 17 naquele ano.
Tiquinho segue encantando no FC Porto, marcou novamente na ultima sexta, atingindo a incrível marca de quatro gols em três jogos. Na próxima quarta, Porto recebe a Juventus pela champignons Leagague. Auxiliares de Tite já  tecem elogios a Tiquinho. Torçamod para mais um atleta surgido no futebol do RN vista a amarelinha.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

TIQUINHO SOARES

A melhor noticia do inicio do ano é o grande desempenho do atleta de 26 anos com a camisa do FC Porto, um dos grandes clubes do futebol Mundial.

Em dois jogos pelos Dragões, três tentos assinalados e as manchetes da imprensa internacional.

Tiquinho se destacou em 2008, no estadual sub 17, onde foi artilheiro atuando pelo Palmeiras das Rocas.

Vale destacar os inúmeros bons atletas surgidos no Projeto Academia de craques naquele tradiconal clube do bairro, celeiro de craques :

O meia Bismarck no Globo, Richardson no América, Kaleb no Alecrim e outros bons valores desfilando na base do nosso ABC.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

ABC x CRB

Semana toda veio a lembrança daquela manhã de Domingo em Setembro de 1972. Aos onze anos, fiquei admirado com a quantidade veículos q chegavam de Maceió para abertura do Campeonato Nacional.                      
 Natal estava em festa. O RN iria estrear no Brasileirão através do ABC q dias antes ganhara o Tricampeonato. O Mais Querido havia contratado vários reforços do futebol carioca trazidos pelo tecnico Célio de Souza. Estive no treino de apresentação dos mesmos no JL, que reuniu cinco mil pagantes em noite de meio de semana.
Voltando a nossa estréia, o público naquela tarde de domingo de 10/09/72 foi 15.004 pagantes, que viram uma atuação brilhante do ponta esquerda Soares, com suas pedaladas. O ABC dominou o jogo mas esbarrou  no goleiro Vermelho que realizou uma das maiores atuações de um goleiro no Castelão. Alberi reinava em Natal e começava naquele dia sua trajetória para conquistar a Bola de Prata.  O tecnico dos alagoanos era o principe Danilo Alvim que anos seguinte viria dirigir e levar o ABC ao Tetra campeonato.

ABC jogou com Tião, Preta, Edson, Nilson Andrade e Anchieta; William e Danilo Meneses; Libânio, Alberi, Jailson e Soares.

No CRB - Vermelho, Djalma Sales, Roberto Meneses, Orlandinho eram os destaques.


O Clássico nordestino será reeditado hoje a noite e a Frasqueira precisa estar presente em grande número, para mnater a tradição e levar o Mais Querido rumo a classificação.      



sábado, 4 de fevereiro de 2017

ABC X ITABAIANA

Amanha todos ao frasqueirão para nossa primeira partida em casa pelo Nordestão 2017. As 19 hs  estaremos enfrentando o Tremendão da Serra, tradicional equipe tricolor sergipana.

Nosso primeiro confronto diante daquele clube não trouxe boas recordações. Em 1979, não conseguimos vencer. A memória recordava uma derrota, mas em pesquisa, a futpédia paonta um empate de 1 x 1 pelo Brasileirão. Jogo realizado no Castelão. Eis a ficha tecnica.

ABC - Carlos Augusto, Joel Celestino, Domicio, Gerailton e Carpinelli; Baltazar Germano, Lula Goiatuba, Danilo Menezes; Paulinho, Dentinho e Berg.

Uma ligação do ABC com o Itabaiana é o ex-atleta Esmerino, que após despontar na base do ABC em 1976 e 77, virou idolo em Sergipe, conquistando um tetracampeonato 79 a 82.

TALENTO

Tiquinho Soares, revelado pelo Palmeiras das Rocas, estreia hoje a tarde, 18:30 no FC Porto.    

domingo, 15 de janeiro de 2017

RUMO AO BI

Amanheci o domingo relembrando uma tabela do campeonato potiguar de 1971. Naquela época era comum serem distribuidas pela cidade. Tinha uma com a bandeira do ABC na capa e o titulo acima.

Começamos 2017, bem estruturado. Time forte , entrosado e dirigido por um treinador excepcional.

Vamos estrear contra o adversário mais dificil. UM time tbem muito entrosado e reforçado por um meia espetacular. O camisa 10 Bismarck, que disputa o primeiro staduual em sua terra, após ser campeao brasileiro e nordestino. Morador do PaÇo da Pátria, revelado no Palmeiras da Rocas, Projeto academia de craques. Estah com 26 anos.